Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

27/11/2011
RELAÇÃO ENTRE CÁRIE DENTAL E ALIMENTOS DOCES

Maria Cristina Treno Rita*

A cárie dentária é uma doença multifatorial, infecciosa, transmissível e sacarose dependente (estimulada pelo consumo de “açúcar”). Necessita para seu desenvolvimento, de um hospedeiro (“homem”), microorganismos patogênicos (“bactérias da boca”), dieta cariogênica (“rica em açúcares”) e tempo para se desenvolver. A quebra do ciclo, hospedeiros X bactérias X açúcares X tempo, impedem o desenvolvimento da cárie.

Explicando melhor esta situação, o homem e a presença de bactérias são aspectos fixos, portanto, podemos alterar a quantidade de açúcares ingeridos e o tempo que estes açúcares ficam aderidos aos dentes, quebrando o ciclo da evolução da cárie. Esta enfermidade está intimamente ligada à introdução de carboidratos refinados, altamente consumidos na vida moderna, sem posterior higiene adequada dos dentes.

Outro aspecto importante a considerar é a consistência do açúcar ingerido: quanto mais sólido, mais cariogênico. Desta forma a ingestão de uma bala tipo “puxa-puxa” é mais maléfica aos dentes, do que a ingestão de um suco bem adocicado.

A cárie afeta tanto a dentição decídua (“de leite”), quanto a permanente. A manutenção dos dentes decíduos é fundamental no alinhamento adequado dos dentes permanentes, uma vez que mantém o espaço para a erupção dos permanentes.

A situação mais crítica com dentes decíduos é a chamada cárie de mamadeira, causada por mamadeiras adoçadas dadas às crianças, sobretudo na hora de dormir sem higiene posterior. A criança dorme com a mamadeira na boca e o leite adoçado, passa horas aderidos aos dentes. A cárie de mamadeira é uma situação grave, aonde quase todos os dentes são destruídos, levando a muita dor, inclusive complicações sistêmicas, causadas pelos focos de infecção existentes na boca destas crianças de tenra idade.

Os pais são os responsáveis pela manutenção de dentição saudável de seus filhos, devendo supervisionar a higiene diariamente. Não estamos falando do fim da ingestão de açucares e sim da ingestão com responsabilidade: após comer alimentos, principalmente os doces, os dentes devem ser higienizados, com uso de fio dental e escovação correta.

*Por Maria Cristina Treno Rita é odontopediatra

Veja mais sobre assuntos relacionados em nossas colunas de Odontologia Holística com Dr. Rodrigo Venticinque e Saúde Bucal com Dr. Luiz Felipe Scabar






Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas