Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

31/12/2011
Dicas e cuidados para começar bem 2012!

Especialista dá dicas de automaquiagem para festas

O mercado de cosméticos é um dos que mais cresce no país e a oferta de produtos está cada vez maior. Com tantas opções de cores e texturas fica difícil escolher quais os tons mais adequados para as festas de final de ano. Para a noite da virada, a consultora Josy Cipolatti avalia que a ocasião permite olhos bem marcados, blush e batom neutro. Outra opção é o brilho, que fica bem nos olhos ou na boca. A personal make up também recomenda que a maquiagem escolhida seja treinada antes, sempre.

“Testar as cores e os produtos na noite da festa pode comprometer o sucesso do make”, salienta. Ela recomenda, ainda, que os produtos sejam individualizados para cada tipo de pele. “Pegar produtos emprestados com as amigas pode não valer a pena. Cada pessoa tem um tipo de pele e a maquiagem bem feita é aquela que leva esse fato em consideração”, pondera. Cipolatti alerta que peles oleosas podem desenvolver cravos e espinhas quando maquiadas com produtos para peles normais ou secas. “E as peles secas, por sua vez, podem não apresentar resultados satisfatórios e até potencializar as linhas de expressão. Então, o melhor é conhecer o produto e a maquiagem ideais para sua pele”, indica.

Adequado à cada solução

Na praia, no sítio, na balada ou em um jantar de família, todo lugar é propício para cuidar de si mesma e esbanjar beleza. Com o Réveillon chegando, é hora de pensar em uma bela produção, se possível prática e fácil de fazer em casa. Rosemeire de Oliveira, consultora de desenvolvimento pedagógico do Instituto Embelleze, maior rede de cursos de beleza da América Latina, sugere as melhores opções de makes para diferentes locais.



Para quem vai passar o Réveillon no campo, a profissional do Instituto Embelleze sugere usar cores harmoniosas para que a maquiagem não fique apagada, nem muito carregada. “Na face, base e corretivo. Nos olhos, tons nude, como prata, dourado, azul, lilás metálico, e tons pastel, como lavanda e baunilha. A máscara de cílios pode ser incolor”, diz. Também é preferível usar tons que combinem com a roupa.

Já na praia, corretivo, base e pós estão dispensados. Mas vale apostar no blush, em tons rosados e bronzeados. “O resultado é um rosto com uma aparência saudável de verão”, explica Rosemeire. As sombras nas cores bem suaves estão liberadas, bem como lápis de olho e máscaras de cílios à prova d’água. “A sugestão é aproveitar para combinar as sombras com as novas tendências de cores de lápis de olho e máscaras de cílios, que são azul, verde, lilás e roxo”, destaca. Nos lábios, a profissional sugere usar gloss e batom com cores claras, que são a combinação perfeita para a praia.

Na balada, a mulherada pode quase tudo. O segredo, segundo Rosemeire, é harmonia. As cores de sombras mais usadas no Reveillón são prata e branco, mas há, ainda, como opção, dourado, azul, lilás, roxo e até mesmo o preto. Para a noite, é possível abusar da esfumação dos olhos. Brilhos e gliter também são permitidos e dão um toque especial. Por fim, aposte em máscaras de cílios, delineador e blush nos tons rosados e marrons.

“De modo geral, as cores mais usadas nesta época do ano são branco e prata, mas nada impede de a mulher ousar e defender o seu estilo”, ressalta Rosemeire. A profissional do Instituto Embelleze ainda destaca alguns cuidados. “Faça a maquiagem com a pele limpa e seca, use produtos de boa qualidade que contenham hidratantes e filtro solar em sua composição, e sempre retire a maquiagem antes de dormir. Sempre”, alerta.

Calibrando essas combinações de cores, que iluminam os rostos das mulheres para qualquer ambiente, e seguindo à risca tais recomendações, a garantia é certa: um novo ano se inicia ainda mais marcante. Boas festas!

Bebidas alcoólicas: todo cuidado é pouco

Dor de cabeça, fadiga e até desidratação podem acabar com as comemorações de fim de ano de quem se excede no consumo de bebidas alcoólicas, problema que provoca aumento de cerca de 20% de acidentes de trânsito. Devido aos excessos do álcool os atendimentos costumam aumentar no mês de dezembro nas emergências de hospitais, como assegura a coordenadora da emergência dos hospitais Badim e Israelita Albert Sabin, ambos no Rio de Janeiro, Cíntia Rodrigues.

De acordo com a médica, o álcool por si só é um fator de desidratação, uma vez que ele aumenta a frequência de urinar. A recomendação é manter o organismo hidratado. “Todo paciente que bebeu ou que apresente náuseas, vômitos e diarreia, após ingestão de álcool, deve manter-se bem hidratado, por via oral ou procurar a emergência de um hospital para melhor avaliação e tratamento”, orienta. A médica também aconselha não misturar diferentes tipos de bebidas. “Existem bebidas que possuem maior grau de concentração alcoólica que outras, provocando processo de embriaguez precoce e de maior intensidade”, ressalta.

Cuidado com a ressaca alimentar

Quem pensa que só a bebida é capaz de provocar ressaca, engana-se. O excesso de comida também é prejudicial ao organismo. Algumas ceias de Natal e Ano Novo exibem mais de dez pratos diferentes. Há quem misture carne de porco com massas, tortas com legumes e daí por diante. Depois ainda vêm as sobremesas.

Para evitar os males resultantes dos excessos alimentares, o melhor é ter bom senso, orienta a endocrinologista do Hospital São Vicente de Paulo (RJ), Ana Cristina Belsito: “O ideal é ter moderação e distribuir bem os três grupos alimentares, formados por carboidratos, proteínas e lipídios. Na ceia, coma de tudo, porém em poucas quantidades”, recomenda a endocrinologista, ressaltando que uma boa opção é usar as frutas para compor a ceia, pois elas são nutritivas e não dão ressaca alimentar. Nozes, damascos, frutas secas também são boas opções.

A médica explica ainda que a sobrecarga temporária do organismo pode causar diarreia, náuseas e má digestão. “O excesso de açúcares prejudica o pâncreas. Já as gorduras e o álcool em demasia fazem mal à vesícula e a todo o sistema digestivo. Nos dias seguintes às festas, alimentação leve e boa hidratação ajudam a desintoxicar. O melhor é optar pelas pequenas porções de comida, evitar frituras em geral e bebidas em excesso”, reforça.


Viagem: não esqueça da sua coluna

Fim de ano e férias chegando é sinônimo de euforia com os preparativos para a viagem. Roteiro, hospedagem, malas e o transporte ninguém esquece, mas os cuidados com a coluna... Excesso de peso ou horas sentado na mesma posição durante o trajeto podem prejudicar seus planos.

Para não ter problemas, a dica do ortopedista Adalto Lima, chefe do setor de ortopedia do Hospital Badim (RJ), é dividir o peso das bolsas de viagem em duas mãos. “Para pegar alguma carga no chão, flexione os joelhos para dividir com a coluna o peso a ser erguido. Ao carregar um objeto pesado, flexione os cotovelos, mantendo o peso perto do corpo para evitar lesões causadas por mau jeito”, indica ele, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.

Encarar um longo percurso de viagem pode levar a dores no corpo, especialmente no pescoço, e a lombalgias. “Para minimizar os efeitos do cansaço muscular, procure um posicionamento mais ereto”, aconselha. O especialista recomenda o uso de apoios lombares (entre o assento e a região inferior das costas) e cervicais (almofadas que servem para descansar o pescoço). “O ideal é alongar a musculatura a cada 2 horas de viagem. Por isso, fazer paradas é fundamental”, orienta.

Algumas dicas para quem vai caminhar ou correr na praia nesta temporada:

* Leve uma garrafinha de água para manter sempre o corpo bem hidratado;
* Use bloqueador solar para evitar queimaduras, inclusive em dias nublados, pois a radiação solar, está presente também;

* Procure utilizar tênis adequados, preferencialmente com amortecedores de impacto e principalmente confortáveis, para evitar qualquer lesão em sua coluna;

* Opte por roupas leves e confortáveis, para garantir um desempenho mais próximo de seus objetivos;

* Respeite os seus limites;

* Respeite os horários recomendados para a exposição solar;

* Antes de iniciar a sua caminhada ou corrida, faça um alongamento completo. Repita o alongamento no final de sua caminhada ou corrida;
* Procure apreciar a paisagem, respire de forma adequada, curta o momento, isso também irá ajudar no êxito da sua atividade física,

* Se você precisar de orientação profissional para dar início a sua atividade, procure profissionais habilitados e registrados





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas