Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

04/06/2012
Conheça as doenças mais comuns no inverno e as melhores práticas para evitá-las

A estação fria do ano chegou com seus aromas de chás, chocolates e outras guloseimas quentes. É a época de agasalhar as crianças para que elas aproveitem o melhor da temporada de maneira saudável, já que o período com temperaturas mais baixas também é sinônimo de infecções invernais, que se propagam mais no ar frio e seco.

Gripes, resfriados e infecções respiratórias, por exemplo, se tornam as principais causas de consultas médicas e de ausência escolar ou no trabalho. “Uma das razões para isso é que as condições climáticas, além de facilitarem a propagação do vírus, deixam o nariz mais seco e vulnerável para a entrada de germes” explica o Dr.Sérgio Graff*.

O médico explica, ainda, que no inverno as infecções virais e de pele se tornam mais frequentes. “Temos maior incidência de dermatites, uma vez que o ar seco pode causar ressecamento na pele e facilitar a procriação de bactérias. Nesta época, aumentam também as infecções virais, como o rotavírus, principal causa da diarreia em crianças menores de cinco anos”, explica.

Segundo Dr.Sérgio Graff, é importante ficar atento também para outros fatores facilitadores de doenças, como a pouca exposição ao sol, que tem efeito negativo sobre o sistema imunológico, pois o impede de funcionar corretamente.

Além disso, como a temperatura esta mais fria e seca, permanecemos mais tempo em ambientes fechados com aglomeração de pessoas como salas de aula, supermercados, lojas, restaurantes, etc, o que facilita a propagação dos vírus.

Dicas para combater as doenças do inverno

Hábitos simples como lavar as mãos antes de comer, podem reduzir o risco de infecção. De acordo com a UNICEF e a OMS, a lavagem das mãos com sabonete pode reduzir infecções diarreicas em até 40%. “As famílias devem conscientizar seus filhos desde jovens sobre a importância de lavar as mãos, prática que vale para todas as épocas do ano e em especial no inverno” reforça o Dr. Sérgio Graff.

O especialista ainda destaca outras dicas bem simples que ajudam a ficar longe das doenças durante o frio:

· Mantenha-se bem agasalhado quando estiver fora de casa e se assegure de tirar as roupas “sujas” quando chegar em casa, e tomar banho para retirar os germes causadores de infecções.

· Utilize sabonetes antibacterianos, que também contenham propriedade hidratante em sua composição. Assim, é possível proteger e ao mesmo tempo evitar o ressecamento da pele.

· Reforce seu sistema imunológico com uma dieta saudável e exercícios físicos regulares. Dê preferência a alimentos ricos em vitaminas e minerais, sempre ingerindo bastante líquido.

· Fique atento para os sinais de um resfriado, como o nariz seco, coriza, nariz entupido, coceira ou irritação na pele e nos olhos que mostram que as infecções estão nas proximidades.

Serviço:
Lifebuoy

SAC 0800-7077512 ou e-mail unilever.sac@higieneebeleza.com.br.





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas