Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

03/10/2012
Hemangiomas, causas, sintomas e tratamentos

Recentemente você notou bolinhas vermelhas entre o couro cabeludo e no pescoço do seu bebê? Manchas com cor de vinho no rosto ou nas mãos? Fique atento as marcas de nascença do seu filho. Os pais devem acompanhar o surgimento de cada hemangioma no corpo da criança.

Mas, afinal o que são Hemangiomas?

São pequenos tumores benignos formados por vasos sanguíneos enovelados. Normalmente, surgem durante a formação do embrião, antes do nascimento, podendo ocorrer em diversos órgãos, entre eles a pele e o fígado. Eles são pequenas “bolinhas” de cor vermelha ou vinho e são localizadas na pele e mucosas. Os tipos mais comuns de hemangiomas são o plano, o angioma rubi, o granuloma piogênico e a mancha vinho do porto.

Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Pessoas com Hemangioma e Linfangimas (Abraphel), aponta que 60% dos hemangiomas surgem na cabeça e pescoço, sendo classificados como plano e tumoral.

Outro estudo mostra que a hemangioma afeta 5% dos recém-nascidos do sexo feminino, mas numa proporção menor aparecem no sexo masculino também.

De acordo com Angiologista Ary Elwing, especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser (CRM 22.946), em média, 50% do hemangioma desaparecem aos cinco anos e 90% antes dos noves anos. “Os Hemangiomas planos não apresentam repercussão clínica. Alguns destes tumores, mesmo pequenos, podem provocar complicações como nas pálpebras, ao impedir a visão e resultar em ambliopia, ou ainda na região subglótica ao provocar obstrução respiratória”, explica o angiologista.

Tipos de Hemangioma

O angioma rubi também é umas das causas mais frequentes. São pequenas "bolinhas" vermelhas semelhantes a pedras de rubi que surgem principalmente no tronco de indivíduos de ascendência ibérica ao longo da idade adulta.

“Existem alguns medicamentos que podem parar o crescimento e até fazer regredir estas lesões. Os corticoides sistêmicos e o imiquimod tópico produzem esse efeito na criança. Mas, antes de iniciar qualquer medicamento é preciso verificar os riscos e os efeitos colaterais”, alerta o angiologista, Ary Elwing

O Granuloma piogênico é conhecido como “carne esponjosa”, sendo uma proliferação de vasos sanguíneos que forma uma lesão tumoral secundária a um traumatismo, como os provocados pelos alicates das manicures ou por uma unha encravada. Ela pode ser encontra no canto da unha.

Angioma estelar corresponde a pequenas dilatações vasculares que formam "braços" a partir de um ponto central. Também são chamados de aranhas vasculares (nevus araneus) devido à semelhança de formato com o animal.

E por último a mancha vinho do porto, são manchas com cores de vinho ou salmão, encontradas no rosto ou nas mãos. A melhor opção para remover essas manchas é o laser.

Tratamentos

Os pais devem estar atentos a qualquer aparecimento de bolinhas vermelhas no corpo da criança. Cerca de 70% dos tumores vasculares da infância estão localizados, na região da cabeça. O diagnóstico é importante para verificar se é um hemangioma tumoral e evitar complicações futuras no crescimento do bebê. O exame no caso de lesões profundas é feito por uma tomográfica computadorizada ou por ressonância magnética.

O tratamento para as lesões pequenas pode ser feito por meio da eletrocoagulação, excisão e sutura das lesões, ou até mesmo a criocirurgia, mas o tratamento de escolha mais moderno e mais seguro é o tratamento com o laser.

Nos tumores maiores o uso do laser para a redução de tamanho tem sido mais indicado. A luz emitida pelo laser danifica os vasos do hemangioma sem afetar a pele.

“Esse tipo de tratamento exige um amplo conhecimento no assunto, principalmente para que se evitem tratamentos inadequados ou ineficazes decorrentes de um diagnóstico incorreto. As cirurgias ligadas à cura ou melhorias dos hemangiomas devem ser realizadas por profissionais especialistas na área”, orienta o angiologista.

Quando buscar ajuda do médico?

Infelizmente, ainda não existe prevenção contra esse tumor benigno ou exames que possam denunciar a patologia nas crianças. Qualquer mancha no rosto, marcas de nascença bolinhas vermelhas que surgir no corpo do bebê os pais devem procurar o médico. Algumas hemangiomas podem interferir na respiração da criança e também na alimentação.

“Se não tratados rapidamente e de forma correta, os hemangiomas que surgem no rosto do bebê podem causar desfiguração e interferir no desenvolvimento visual, além de, causar obstrução das vias aéreas, podendo até evoluir para uma lesão mais grave por insuficiência vascular”, destaca o angiologista, Ary Elwing. Nesses casos é melhor procurar um especialista para iniciar o tratamento o quanto antes.





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas