Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

07/08/2013
Baixa Umidade Castiga os Olhos!

Levantamento do INPE (Instituo Nacional de Pesquisas Espaciais) mostra que a umidade do ar está em queda na maior parte do Brasil, e deve permanecer baixa nos próximos dias. A previsão é de que os índices variem de 20% a 30%, intervalo que caracteriza estado de alerta. Só ficam de fora as regiões norte, nordeste, litoral paulista e parte de Minas Gerais.



O ar seco aumenta a concentração dos poluentes, principalmente nas grandes cidades. Por isso, faz mal a todo nosso organismo, mas nossos olhos sofrem mais, afirma o oftalmologista, Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier. Isso porque, a falta de umidade faz a lágrima evaporar mais rápido.


Esfregar os olhos pode causar conjuntivite

A menor lubrificação aumenta a síndrome do olho seco. Os sintomas são: sensação de corpo estranho, vermelhidão, coceira e visão embaçada. “A reação natural é esfregar as pálpebras. Isso só piora a situação porque pode lesar a córnea, membrana transparente que fica na frente do olho como o vidro de um relógio” afirma. Levar as mãos aos olhos também facilita o aparecimento da conjuntivite bacteriana ou viral, principalmente quando a pessoa já está com gripe ou resfriado. “Os microorganismos vão passando de uma área para outra”, comenta.


Das vias respiratórias para os olhos

O especialista afirma que há evidências de que 7 em cada 10 pessoas que sofrem com doenças alérgicas nas vias respiratórias, manifestam o problema nos olhos. “Isso acontece porque a imunidade alterada dos alérgicos, o ambiente seco mais a falta de lágrima tornam os olhos um campo fértil para o desenvolvimento de alergia. Crianças que estão com o sistema imune em desenvolvimento e mulheres que têm hábito de usar maquiagem ou que já entraram na menopausa, período em que a produção lacrimal diminui, são os grupos de maior risco.


Depósito em lentes de contato

Queiroz Neto afirma que as lentes de contato também podem ter menor vida útil por causa do tempo seco. Isso porque, a concentração de poluentes e o ressecamento da lágrima aumentam o depósito de partículas que ficam impregnadas nas bordas da lente de contato. “Mesmo que sejam higienizadas corretamente, continuam desconfortáveis no olho porque sofrem pequenas deformações. Quando isso acontece precisam ser trocadas antes do vencimento” adverte.


Como fazer a prevenção das doenças oculares?

Embora a maioria dos pacientes procurem as clínicas médicas apenas diante de algum sintoma, exames preventivos podem assegurar diagnóstico precoce e um tratamento mais adequado a diversos problemas de saúde. Quando o assunto é a visão, o teste do olhinho, realizado gratuitamente nas maternidades, é o primeiro passo para reduzir o risco de doenças oftalmológicas em crianças.


Você sabe quais outros exames são essenciais para a saúde da visão?

Segundo a oftalmologista Tania Schaefer, de Curitiba, além do teste do olhinho, realizado nas primeiras 48 horas de vida do bebê, é fundamental realizar novo exame na criança por volta dos 3 anos de idade. E, na fase adulta, o exame indicado é o que avalia o fundo e a pressão do olho. "As doenças da visão geralmente são silenciosas e, em alguns casos, quando o paciente apresenta algum sintoma, a demora do tratamento pode trazer perda da visão, por isso a importância dos exames preventivos", recomenda a profissional.

A saúde geral do paciente também afeta a visão, portanto, quem tem hipertensão arterial, diabetes, problemas cardíacos ou histórico familiar, pode se precaver adotando hábitos saudáveis como alimentação adequada, exercícios físicos e controle do estresse.


As principais dicas do Dr. Leôncio para reduzir o impacto da baixa umidade sobre a saúde e prevenir as alterações oculares são:

• Beba bastante água.
• Use umidificadores de ar ou bacias com água nos ambientes.
• Soro fisiológico só deve ser usado no nariz. No olho aumenta a vermelhidão e pode contaminar.
• Use lágrima artificial sem conservante para lubrificar o olho.
• Lave as mãos várias vezes e evite esfregar os olhos.
• Em caso de coceira nos olhos faça compressas frias de água filtrada.
• Mulheres podem tomar cápsula de linhaça para a lubrificação do olho. Homens devem evitar por causa da próstata.
• Evite praticar exercícios ao ar livre próximo a vias de muito movimento.
• No trânsito, mantenha as janelas do carro fechadas.
• No escritório evite o uso de ar condicionado.



Principais exames - O que identificam - Quando fazer?

1) Teste do Olhinho - também conhecido como teste do reflexo vermelho, é realizado nas primeiras 48 horas de vida do recém-nascido. É gratuito e obrigatório. Identifica doenças como retinoblastoma, um tumor maligno, além de cataratas e glaucoma congênito, que podem comprometer a visão ou levar a cegueira.


2) Exame oftalmológico - realizado geralmente aos 3 anos de idade, quando a criança já consegue se comunicar com o médico, é realizado para identificar e corrigir problemas comuns como miopia, hipermetropia e astigmatismo. No consultório, é medida a acuidade visual, avaliada a musculatura ocular extrínseca, além do mapeamento de retina e biomicroscopia.


3) Exame de fundo e pressão do olho - realizado na fase adulta, o exame permite analisar a porção mais profunda do globo ocular e a pressão intraocular. Pode ser realizado preventivamente, como um exame de rotina, mas a partir dos 40 anos é essencial para descartar males como o glaucoma, caracterizado pelo aumento da pressão dentro do olho.


Veja mais sobre OLHOS na coluna de:
Oftalmologia com Dr. Claudio Lottenberg





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas