Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

21/08/2013
O que você precisa saber sobre a Osteoporose?

Estudos mostram que depois dos 50 anos 1 em cada 3 mulheres vai sofrer fraturas decorrentes da osteoporose. A Osteoporose é uma doença que enfraquece os ossos e que pode provocar fraturas em diversos ossos. Geralmente aparece quando a formação do osso não é adequada; quando o desgaste do osso é excessivo, ou quando ocorrem as duas coisas ao mesmo tempo.



As fraturas decorrentes da osteoporose acontecem com maior frequência na coluna, na bacia, nos punhos e nas costelas. As fraturas na coluna vertebral causam diminuição da estatura e dor crônica nas costas. Já as fraturas nos ossos da bacia causam consequências mais sérias podendo limitar a capacidade de realizar as tarefas do dia a dia e, nos casos mais graves, até colocar uma pessoa sob risco de vida.

Felizmente, quem tem osteoporose, tem uma grande possibilidade de viver confortavelmente exercendo suas atividades normais. Os médicos recomendam alguns ajustes no estilo de vida que podem ser benéficos para a saúde de nossos ossos. Entre eles:
-
Exercícios regulares que podem ser simplesmente caminhadas durante a manhã;
-
Tomar sol por pelo menos 15 minutos por dia, 3 vezes por semana , de preferência também pela manhã;
-
Parar de fumar e diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas.
-
Evitar quedas também é muito importante. Veja se na sua casa existem tapetes que possam fazer você escorregar, procure observar se todos os corredores estão bem iluminados e se existem muitos móveis no caminho que possam fazer você cair. Torne sua casa mais segura.
-
Alimentação rica em cálcio também é muito importante para a manutenção de ossos sadios. Leite, iogurte e queijo ingeridos diariamente podem fornecer a quantidade de cálcio necessária para a proteção adequada de nosso esqueleto.


São vários os fatores de risco para osteoporose. Dentre eles, Dra Claudia Chang, doutoranda em Endocrinologia pela USP/ Coordenadora e Professora de Pós-Graduação em Endocrinologia do ISMD – Instituto Superior de Medicina – (CRM 110155) destaca:

- tabagismo;
- sexo: mulheres são mais acometidas, mas homens também podem ter osteoporose;
- idade: quanto mais avançada a idade, maior o risco;
- dieta: alimentação rica em proteína e sal, e alimentação pobre em leite e derivados, principalmente na fase da adolescência, quando o osso atinge o que chamamos de "pico de massa óssea";
- baixo peso levaria a uma maior chance de osteoporose;
- medicações: uso de algumas medicações como corticoides e anticonvulsivantes, ambos por períodos prolongados aumentam muito a chance de perda óssea;
- doenças que interferem na absorção intestinal como doença celíaca (intolerância ao glúten), por exemplo.


Campanha oferece exames gratuitos para detectar osteoporose em mulheres

Promovida pela Clínica Casa Branca, a Campanha de Diagnóstico da OSTEOPOROSE vai oferecer gratuitamente cerca de 10 mil testes de Densitometria Óssea, o exame que detecta a Osteoporose, para mulheres acima de 60 anos, as mais atingidas pela doença. Quem coordena a campanha é o Médico Reumatologista Dr. Cristiano Zerbini. Segundo o especialista, esse exame é de suma importância para a população, já que a Osteoporose é uma doença silenciosa cujo principal problema são as fraturas. “Costumamos chamar a doença de “O Ladrão Silencioso”, pois ela pode progredir durante anos sem nenhum sintoma, diminuindo a força dos ossos até que ocorra uma fratura”, afirma Dr. Zerbini.

O reumatologista afirma ainda que os exames radiológicos não podem diagnosticar a osteoporose até que 30% do osso já tenha sido perdido. “Sem dúvida, a Densitometria Óssea é o melhor exame para detectar a osteoporose antes que uma fratura ocorra, e esta campanha é uma oportunidade para a população ter acesso ao exame gratuitamente”, explica.

Sobre a Campanha OSTEOPOROSE
Quando: até 30 de setembro de 2013
Para quem: Mulheres acima de 60 anos e que nunca tenham feito este exame.
Informações e agendamento: (11) 2271-3456
Horário de atendimento para agendamento: de segunda à sexta, das 7h às 16h30
Abrangência: São Paulo e Grande São Paulo
IMPORTANTE: É necessário agendar os exames pelo telefone.

Sobre a Densitometria Óssea
O melhor exame para se fazer o diagnóstico de osteoporose chama-se Densitometria Óssea. O teste é simples, indolor e seu resultado nos diz quanto temos de osso nos locais do esqueleto onde as fraturas por osteoporose são mais comuns (coluna e fêmur).

O tratamento envolve uma série de variáveis como reposição adequada dos níveis de cálcio (seja por dieta ou medicação), reposição de vitamina D, além de medicações que vão atuar diretamente no osso, estimulando a formação óssea ou inibindo sua degradação. Vale lembrar que quando houver ingestão de medicações que levem a osteoporose, é fundamental que seja feita a prevenção do quadro com o acompanhamento médico.



Veja mais sobre SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA em nossas colunas de:

1) Cardiologia do Esporte com Dr. Nabil Ghorayeb

2) Em forma com Pilates com Profa. Danielle Rotondo

3) Dicas de Atividade Física, com José Carlos Altieri

4) Corrida, com Emerson Vilela

5) Qualidade de Vida, com Profa. Priscilla de Arruda Camargo

6) Cuide da Saúde com Exercícios, com Prof. Dr. Marco Uchida

7) Ortopedia e Saúde com Dr. Roberto Ranzini

8) Saúde Feminina com Prof. Dr. Mauricio Simões Abrão

9) Neurologia e Saúde com Prof. Dr. Paulo Caramelli

10) A Gestante na Sua Melhor Forma, com Profa. Ms. Gizele Monteiro

11) Atividade Física e Musculação com Prof. Amauri Altieri

12) Aparelho Digestivo e Saúde com Dr. Sidney Klajner





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas