Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

26/08/2013
Mastigar melhor auxilia até no emagrecimento!



Os orientais sempre recomendaram comer sem pressa, devagar. Para eles, um dos princípios da boa alimentação é o de mastigar pelo menos cem vezes cada porção que vai à boca. Médicos ocidentais também concordam. Além de prejudicar a digestão, engolir a comida sem mastigar direito também pode agravar o problema para os que já apresentam tendência a engordar.

O que a princípio depende do que se come. A mastigação lenta permite que as enzimas digestivas tenham mais tempo para metabolizar os alimentos. Será então preciso discernir entre alimentos pouco calóricos e hipercalóricos. No segundo caso, eles também serão mais bem absorvidos. E a resposta aparecerá na balança.

Observem a diferença entre os comensais numa churrascaria: basta olhar como gordos e magros comem. Enquanto os gordos engolem rapidamente os alimentos sem mastigar direito e tomam litros de água, os magros costumam mastigar lentamente, bebendo apenas um golinho de líquido. O que significa também que os gordos engolem sua ansiedade, mastigam rápido demais, o que faz com que os alimentos não saiam devidamente preparados para o intestino delgado.

Como cabe a esta parte do intestino selecionar o que deve ou não ser aproveitado pelo organismo, com o alimento adequadamente mastigado, esta seleção se faz de forma mais apropriada. Mal mastigados, ao contrário, terminam sendo mal selecionados e o organismo absorve mais do que deveria. E se engorda.

É bom lembrar que mastigar mal ou não mastigar o que se come também ativa o NPY. A saliva é bem mais do que um mero lubrificante para fazer descer os alimentos pelo tubo digestivo.

O processo é fundamental também por um motivo óbvio: quanto mais tempo leva a mastigação, mais tempo terá o alimento a gotejar liquefeito no estômago.

Isso dá tempo ao cérebro de receber o estímulo e enviar sua mensagem de saciedade — o que leva um mínimo de 15 minutos. Uma dica prática para se forçar a comer devagar é descansar os talheres enquanto se está mastigando.

Só isso já descondiciona o reflexo de se formar nova garfada e colocá-la na boca ainda cheia. E, gradativamente, vai ajudando a formar o novo hábito de comer mais devagar. O que só fará melhorar sua digestão.



Veja mais sobre SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA em nossas colunas de:

1) Cardiologia do Esporte com Dr. Nabil Ghorayeb

2) Em forma com Pilates com Profa. Danielle Rotondo

3) Dicas de Atividade Física, com José Carlos Altieri

4) Corrida, com Emerson Vilela

5) Qualidade de Vida, com Profa. Priscilla de Arruda Camargo

6) Cuide da Saúde com Exercícios, com Prof. Dr. Marco Uchida

7) Ortopedia e Saúde com Dr. Roberto Ranzini

8) Saúde Feminina com Prof. Dr. Mauricio Simões Abrão

9) Neurologia e Saúde com Prof. Dr. Paulo Caramelli

10) A Gestante na Sua Melhor Forma, com Profa. Ms. Gizele Monteiro

11) Atividade Física e Musculação com Prof. Amauri Altieri





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas