Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

27/04/2015
O dente quebrou ou caiu: o que fazer?


Os casos de trauma dental não são raros de acontecer. Aproximadamente 5% dos casos atendidos nos hospitais correspondem a traumas dentais e, de acordo com as pesquisas, os mais suscetíveis a esse tipo de acidente são as crianças entre 11 e 15 anos. As principais causas são quedas e acidentes de bicicleta.

O trauma pode variar de uma concussão até a avulsão do dente. A concussão é apenas uma batida onde nada acontece e a avulsão é quando o dente sai da boca.



Mas o que fazer se meu filho sofrer um trauma desses?

Calma! Você não é a única pessoa que tem essa dúvida. Independente da severidade, o ideal é procurar um dentista o mais rápido possível. Nos casos mais simples de concussão, será feito o acompanhamento do caso, com testes de vitalidade dos dentes e exames radiográficos periódicos.
Pode acontecer desse trauma causar fratura do dente. Nesse caso, o paciente deve procurar diretamente um dentista para que ele possa verificar a proporção do dano causado, podendo ser necessária fazer apenas uma restauração ou então realizar um tratamento endodôntico (tratamento de canal).

Nos casos de avulsão, o ideal é que esse dente seja lavado em água corrente e reposicionado na boca. Para fazer esse procedimento, pegue o dente pela coroa e coloque-o em água por alguns segundos, mas não esfregue, deixe apenas a água limpá-lo e já o reposicione na boca.

Apesar de ser um procedimento indolor, a grande maioria das pessoas não tem coragem de fazê-lo. Sem problemas! Caso não se sinta confiante para recolocar o dente em posição, lave-o e coloque num copo com leite gelado e leve o paciente e o dente o mais rápido possível até um dentista.

É importante ressaltar que, nos casos de avulsão, o tempo em que o dente permanece fora da boca irá determinar o prognóstico do caso. Alguns autores dizem que o tempo máximo para um prognostico favorável é de 20 minutos, podendo chegar a 1 hora.



Por Germano Dalcin*



Veja mais sobre SAÚDE BUCAL em:

1) Saúde Bucal com Dr. Luiz Felipe Scabar

2) Odontologia Holística com Dr. Rodrigo Venticinque






Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas