Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

01/12/2015
Final de ano sem estresse

Todo final de ano é a mesma coisa, uma avalanche de eventos, cobranças, expectativas e emoções, nossa rotina sofre diversas alterações e como todo mundo já sabe, toda mudança gera estresse, sejam elas positivas ou negativas.



De acordo com o levantamento, realizado com 12.756 pessoas, 37% apresentaram níveis de estresse considerados moderado ou alto. Desse total, 51% são mulheres - a maioria com idades entre 20 e 39 anos, que se dividem entre as atribuições profissionais e os cuidados com a casa e os filhos. O trabalho mostrou ainda que as que sofrem mais com estresse tendem a fumar mais, a fazer menos exercícios e a ter peso mais elevado do que as mulheres mais calmas.

O estresse crônico, alertam os médicos, além de ser fator de risco cardíaco, causa cansaço, irritação, baixo apetite sexual, dificuldade de concentração e resfriados consecutivos. Além disso, reduz a resistência do organismo e predispõe ao surgimento de várias doenças como asma, alergias, urticárias e doenças gastrointestinais.


Como lidar com o estress neste final de ano com tantos compromissos, num ano em que estamos envoltos na em desesperança por conta das crises que o país enfrenta?


Com a chegada de dezembro costuma ser, embalado pelo clima natalino, um período de superar as mazelas do ano que passou e de nascer a esperança de um ano melhor. Será que é assim para todos?

Segundo Aretusa Baechtold psicóloga e presidente da Associação Brasileira de Stress, muitas pessoas encontram dificuldades em conciliar compromissos extras de final de ano, reuniões familiares e profissionais. Além disso, tem as metas que precisam ser cumpridas no trabalho, as resoluções pessoais propostas para o ano que ainda não foram colocadas em prática.

Tem também a parte boa (será?) das comemorações, dos encerramentos, amigos secretos (na empresa, no condomínio, na escola dos filhos, no inglês, na academia e as grandes festas de Natal e Ano Novo. Bom né??? Sim!!! Mas mesmo para quem gosta pode gerar stress, e esse stress pode fazer com que deixemos de aproveitar o melhor de tudo isso.



O que fazer então para usufruir de melhor que essa temporada tem para oferecer sem sofrer? Aretusa nos dá algumas dicas preciosas:

• Identificar os pensamentos enlouquecedores (como a mania de agradar e/ou ser perfeito) – identificando isso podemos começar a agir de maneira diferente e gastaremos bem menos energia.

• Melhorar a comunicação interpessoal (e aposentar a idéia de que pra bom entendedor meia palavra basta),

• Aperfeiçoar a arte e dizer não (quer época melhor para isso)





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas