Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

25/02/2008
Acessórios da moda podem prejudicar a saúde?

Acessórios da moda podem prejudicar a saúde

Muito mais que estilos e tendências de roupas e cabelos, a moda dita comportamento. Prova disso, foi a movimentação causada por eventos fashionistas como a São Paulo Fashion Week, por exemplo. Apesar do glamour, alguns "looks" podem trazer prejuízos à saúde. É o caso do uso de alguns calçados e bolsas que, se não dosados, podem causar problemas ortopédicos.

Saltos altos, amigos ou vilões? Ele realmente deixa as pernas alongadas, dando charme e elegância à usuária. Por esta razão é um clássico feminino. Mas o uso excessivo leva a problemas ortopédicos como deformidades nos pés e patologias na coluna. Podem surgir também dores na perna que têm relação com a contratura que acontece na região posterior da perna (batata da perna), pelo fato do pé ficar esticado.

Segundo o Dr. Marco Aurélio Neves, ortopedista do Núcleo de Ortopedia e Traumatologia do Hospital e Maternidade São Camilo Ipiranga, com o uso do salto e a conseqüente elevação do calcanhar, ocorre uma maior pressão sobre a parte anterior do pé (dedos). Esta alteração também interfere no centro de gravidade do corpo, levando a posturas viciosas que requerem readaptação para que haja equilíbrio do corpo. "A alteração postural resultante normalmente é uma hiperlordose que pode levar inicialmente a um desconforto e depois a crises de dor", explica o médico. O ideal é alternar entre o salto alto e o baixo para evitar que o corpo se acostume a esta postura errada. "A mulher deve apostar nas opções mais grossas de salto", ensina.

Botas de cano alto, o último grito - A versão 2008 da São Paulo Fashion Week mostrou a bota de cano alto (para quem é magro e tem pernas finas) como a última tendência de moda. Entretanto, segundo o Dr. Neves, as versões de canos longos e apertados podem comprimir os vasos sanguíneos e causar problemas circulatórios. "Além disso, os saltos plataforma são os principais vilões nos casos de quedas que provocam desde fraturas até torções no tornozelo", informa.

Sandália rasteira, o conforto à prova - Embora as "rasteirinhas" sejam o hit mais famoso de verão e tragam um ar de conforto, se utilizadas em excesso, podem acarretar incômodo e até mesmo dor.

Anabela e plataforma - Enquanto a plataforma é uma aliada, pois oferece melhor distribuição da pressão exercida pelo corpo sobre os pés, o salto anabela deve ser utilizado com moderação, pois pode causar desconforto por deixar os pés em desnível.

Maxibolsas - Outro hit da moda no momento são as enormes bolsas coloridas, prateadas e em forma de sacola. O grande problema é que as mulheres preenchem todo o espaço possível, levando muitos apetrechos por vezes desnecessários podendo causar problemas na coluna. Para evitá-los, mantenha a maxibolsa organizada sempre. A dica é, sempre que possível, agrupar os objetos da mesma categoria em compartimentos ou recipientes próprios. Quanto menos miudezas jogadas diretamente na bolsa, mais fácil de encontrar o que se quer.

O Dr. Neves acrescenta que, com maior sobrecarga, em associação com fatores como obesidade, artrites e pé cavo (aumento da curvatura plantar do pé), o pé começa a desenvolver deformidades. As mais comuns são:

- Calosidades: São os tipos mais comuns que surgem nos pés devido ao excesso de pressão em determinada área. No Brasil, não existe o hábito de medir os pés e os calçados são comprados a partir do número. "Se os calçados estiverem apertados, pedimos um maior. Se não, vamos em frente com aquele mesmo! Esse hábito faz com que os dedos estejam "encavalados" e dobrados de modo impensável. No início, é só um desconforto. Com o tempo, os tecidos se acomodam e passam a manter os dedos na posição deformada. Logo surgem os calos no dorso dos dedos e também na planta dos pés.

- Deformidades: O joanete (hálux valgus) é uma saliência que surge na cabeça do primeiro osso metatársico, próximo à base do "dedão do pé" (hálux). Essa protuberância resulta do crescimento ósseo e do espessamento dos tecidos moles que recobrem a região e na maioria das vezes, decorre do uso de calçados com ponteira estreita e triangular além dos saltos. Algumas pessoas herdam de suas famílias a tendência para desenvolver essa deformidade e desde a juventude iniciam sua formação. É claro que, nestas pessoas, o uso de calçados estreitos e com saltos altos é muito mais prejudicial.

Outras deformidades freqüentes dos dedos dos pés são o dedo em martelo e o dedo em garra. Como os dedos são controlados por tendões extensores e flexores que precisam trabalhar em equilíbrio harmonioso, a interferência neste balanço deixa os dedos encurtados ou deformados.

- Fraturas de Estresse: São lesões por excesso de uso. A maioria delas ocorre durante atividades de impacto como corrida ou dança, mas o calçado pode ser um fator de origem desta patologia.

O tratamento dessas deformidades se inicia pela escolha correta de calçados, pela colocação de palmilhas corretivas e pela realização de exercícios corretivos indicados por profissional especializado. Quando as deformidades são rebeldes a esta forma de abordagem, indica-se o tratamento cirúrgico cuja extensão e época adequadas devem ser determinadas, caso a caso, pelo médico ortopedista.

Os exercícios de alongamento da musculatura posterior da coxa e da batata da perna são os melhores para aliviar dores. De uma maneira fácil e prática, você pode colocar a parte anterior do pé em cima do degrau da escada e deixar o calcanhar solto no ar, descendo e esticando o músculo. Com a melhora do alongamento e flexibilidade dos membros inferiores, é possível minimizar as dores e maiores conseqüências para os pés. De qualquer forma, nunca pratique exercícios, mesmo alongamentos, sem a consulta com um profissional e no limite do seu corpo!





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas