Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

31/03/2008
Cuidados com a pele no outono

O sol é essencial para todos os seres vivos sobre a superfície da Terra e no outono, mesmo aparecendo de forma tímida, requer cuidados e proteção. Ele é o responsável pela fotossíntese nas plantas (que absorvem o gás carbônico e liberam oxigênio na atmosfera para que nós respiremos). O sol é responsável pela produção e absorção da vitamina D pelo nosso organismo, transformando a pró-vitamina D que está em nossa pele em vitamina D, fundamental para levar o cálcio do sangue para os ossos.

Portanto, tomar sol com freqüência é uma questão de saúde! Mas atenção: para ajudar o organismo a produzir vitamina D, basta tomar de cinco a dez minutos de sol, duas vezes por semana, evitando o período entre 10 e 16 horas.

Mas, antes de falarmos sobre o sol e os problemas em sua pele, que tal conhecer um pouco a sua pele? Ela é formada por 3 camadas:

- epiderme que é a camada mais externa. Ela nos protege da entrada de bactérias, da perda de água pelo corpo. É aqui que você passa cremes, pomadas e protetores solares;

- derme (o miolo desse sanduíche) onde estão os vasos sangüíneos, terminações nervosas que nos fazem ter as sensações de frio, calor, dor, coceira, etc. Algumas vacinas são aplicadas aqui (intra-dérmicas);

- hipoderme que contém as células gordurosas (alguns têm mais e outros menos). Ela ajuda a manter nossa temperatura do corpo mais constante.

Mesmo com toda essa proteção, há substâncias que ultrapassam essas barreiras e, especialmente em crianças e idosos, penetram na pele entram na corrente sangüínea, podendo trazer problemas à nossa saúde.

Há alguns tipos de pele que você pode reconhecer facilmente, só de olhar:

- Pele clara, olhos azuis, sardentos: Sempre se queimam e nunca se bronzeiam;

- Pele clara, olhos azuis, verdes ou castanhos claros, cabelos louros ou ruivos: Sempre se queimam e, às vezes, se bronzeiam;

- A média das pessoas brancas: Queimam-se moderadamente, bronzeiam-se gradual e uniformemente;

- Pele clara ou morena clara, cabelos castanhos escuros e olhos escuros: Queimam-se muito pouco, bronzeiam-se bastante;

- Pessoas morenas: Raramente se queimam, bronzeiam-se muito;

- Pele escura: Nunca se queimam, profundamente pigmentados.

Sabe quem são os responsáveis por essas diferenças?

- Os melanócitos: células produtoras de um pigmento, a melanina (que pode ser encontrada na pele, no cabelo e nos olhos). A quantidade e o tipo de melanina determinam a cor da pele das pessoas que as protege, ou não, dos efeitos nocivos da radiação solar. Os raios solares ativam os melanócitos que produzem mais melanina; quanto mais melanina, mais proteção ao sol e menos riscos.

Especialmente nas crianças, nossos cuidados devem ser redobrados. Sua pele é mais sensível, fica mais exposta e requer mais cuidados.

Assim, algumas recomendações para as crianças são importantes (seguindo orientação da Sociedade Brasileira de Dermatologia):

- Não expor diretamente ao sol crianças até o 6º mês de vida.

- Crianças maiores de 6 meses podem ser expostas ao sol, até as 10 da manhã e após as 16 horas, mas SEMPRE com fotoproteção (que deve ser diária, no corpo todo, especialmente nas áreas do corpo que ficam mais descobertas).

- Atenção ao filtro solar: fator de proteção de 15 para cima, 30 minutos antes da exposição, reaplicando a cada 2 horas, e sempre que entrar em água (piscina, mar) ou se transpirar muito.

Mas lembre-se: menos risco, não significa risco nenhum, portanto, todos devem se proteger mesmo no outono !

* Por Dr. Moises Chencinski é médico homeopata, pediatra e autor do livro “Homeopatia –mais simples do que parece”. www.doutormoises.com.br





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas