Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

12/05/2008
NOTEBOOKS MERECEM NOTA ZERO NO QUESITO ERGONOMIA

Engenheiro alerta usuários sobre as conseqüências do uso excessivo de notebooks.

Em elegância e sofisticação, os notebooks merecem nota máxima. Porém, no quesito ergonomia, os pequenos computadores merecem nota zero. Mais leves, menores, mais práticos que os computadores tradicionais, e cada vez mais baratos, os computadores portáteis atraem consumidores que nunca imaginaram ter acesso a esta tecnologia.

No fluxo dessas mudanças, está o desaparecimento dos computadores tradicionais dos escritórios, tamanha a popularização dos notebooks. “As pessoas que o têm como instrumento básico de trabalho podem ter a saúde prejudicada”, diz Osny Orselli, engenheiro de Segurança no Trabalho e especialista na prevenção de doenças musculoesqueléticas, mais conhecidas por LER (Lesões por Esforços Repetitivos).

O monitor, o teclado e o touchpad (dispositivo sensível ao toque e substituto do mouse) apresentam algumas falhas ergonômicas. O teclado, por exemplo, é pequeno e apertado e faz com que as mãos fiquem muito próximas e sem mobilidade; o mesmo ocorre com o touchpad, o qual obriga o usuário a manter os braços contraídos. Já o monitor apresenta uma altura irregular. Como os notebooks não oferecem mobilidade em relação à mesa e não permitem o uso de apoios de espumas, o risco de sofrer lesões é muito maior, se comparado ao bom e velho – porém sem mobilidade – computador tradicional.

Para resolver o problema, não é preciso abandonar os tão funcionais computadores portáteis. Alguns produtos são desenvolvidos justamente para solucionar estas falhas. Por exemplo, já existem apoios que levantam a tela do equipamento, porém, é preciso averiguar se há uma regulagem de altura. Senão, de nada adiantará.

Mesmo assim, alguns especialistas garantem que os laptops deveriam ser usados somente eventualmente. “O risco de se adquirir doenças como bursite, tendinite e síndrome do túnel do carpo, algumas LER, é doloroso é alto. O trabalhador passa muitas horas fazendo o mesmo movimento de teclar, em posição desconfortável e ergonomicamente incorreta”, afirma.

Sobre a LER

Segundo dados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a LER é responsável pela segunda causa de afastamento dos trabalhadores de seus postos de trabalho. A sigla abriga doenças como a bursite, a tendinite, dentre muitas outras. Em sua maioria, jovens e mulheres apresentam os maiores índices de LER. Bancários, operadores de linha de montagem, operadores de telemarketing e secretárias encabeçam as estatísticas.

De acordo com o Instituto Nacional de Prevenção às LER/Dort, a única saída para evitar essa síndrome é investir na educação e na conscientização tanto dos funcionários, como dos empresários. Os sintomas são muitos, o que importa é estar atento às dores. Diminuição da força muscular e formigamento podem ser alguns dos sintomas dos esforços repetitivos.

Pensando em uma melhor qualidade de vida, o Engenheiro Mecânico e de Segurança no Trabalho, Osny Telles Orselli, desenvolveu uma nova “ginástica” a todos que não podem fazer exercícios laborais na empresa. Chama-se “Ginástica do Gato” e busca reduzir o estresse dos funcionários. Segundo Osny, o sucesso está em fazer os mesmos movimentos de um gato. “Ele se espreguiça, alonga e boceja em intervalos regulares. Assim, a cada hora é interessante que o funcionário se levante e estique os braços, os dedos, a cabeça, e beba muita água”, afirma.

Sobre os Notebooks

Àqueles que usam o notebook por horas a fio, o engenheiro de Segurança no Trabalho, Osny Orselli, recomenda a adaptação de um teclado e a de um mouse separadamente, usando o notebook apenas como monitor. O engenheiro alerta para um outro cuidado: tela precisa estar em altura compatível com as linhas dos olhos, como um monitor de vidro ou LCD. Com o teclado separado, é possível usar um suporte de espuma de poliuretano com largura de cerda de 8,5 cm. Já o suporte para mouse deve ter uma superfície grande para que o usuário evite arrastar o mouse clicado.






Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas