Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

12/09/2008
Depressão e estresse

DEPRESSÃO E STRESS SÃO RESPONSÁVEIS POR DOENÇAS GRAVES
Repor nutrientes essenciais é uma forma de prevenir doenças e tratar disfunções presentes no organismo


A depressão e o stress são dois problemas de saúde presentes no cotidiano moderno. Ambos são vilões silenciosos, mas que despertam grandes vulnerabilidades à saúde e ao bem estar. Socialmente, interferem no rendimento profissional e pessoal prejudicando relacionamentos e, fisiologicamente, podem gerar doenças graves.

Um exemplo da gravidade da depressão são os números revelados por um estudo realizado nos Estados Unidos e publicado no Archives of Internal Medicine. Ao comparar 89 mulheres deprimidas com 44 sadias, com idades entre 21 e 45 anos, os cientistas concluíram que 17% das deprimidas apresentavam o osso da bacia mais fino. Apenas 2% das que não sofriam de depressão, foram diagnosticadas com a deficiência óssea.

“Isso significa que as disfunções do organismo por falta de nutrientes ou a má absorção destes componentes essenciais ao bom funcionamento, geram não só um problema, mas vários”, afirma o Dr. Marcos Natividade. “Tanto a depressão quanto o stress são formas de o organismo dizer que ele está funcionando de maneira errada e apresenta alguma disfunção. Se esta disfunção for corrigida, o paciente estará se prevenindo contra outras complicações”.

Já o stress é um grande responsável por doenças cardiovasculares. Em 2007, cientistas da University College London estudaram 34 homens que sofreram ataques do coração ou dores agudas no peito causadas por stress. Eles afirmam terem encontrado pistas importantes sobre como esse distúrbio pode provocar ataques cardíacos em indivíduos fragilizados. A pesquisa concluiu que o stress pode elevar a pressão sangüínea por um período de longa duração causando a liberação de altos níveis de plaquetas formadoras de coágulo, resultando em ataques do coração.

“A depressão, por exemplo, pode levar ao suicídio, enquanto o stress já é considerado como a grande causa de mortes por doenças do coração, como os ataques cardíacos”, explica o professor e médico ortomolecular Dr. Marcos Natividade. “Com o tratamento ortomolecular, o organismo estará equilibrado e trataremos não só a depressão ou o stress, mas as doenças que um organismo em mau funcionamento pode adquirir”.

A ausência de nutrientes no organismo pode torná-lo desequilibrado e o mau funcionamento gera disfunções. A falta de substâncias essenciais se apresenta de quatro modos diferentes: 1) stress quando a pessoa queima muitos nutrientes; 2) alimentação inadequada – o indivíduo só come doces, chocolates, sanduíches, e não busca os nutrientes corretos que estão no peixe, legumes, verduras; 3) falta de nutrientes adequados nos alimentos; e 4) má absorção dos nutrientes, o que é muito comum.

Segundo o Dr. Marcos Natividade, pacientes depressivos e estressados sofrem de deficiências nutricionais que podem ser de vitaminas, aminoácidos ou minerais. O médico também afirma que os tratamentos tradicionais buscarão encontrar em medicamentos, como anti-depressivos, a cura para um fator, mas poderá desencadear problemas em outros órgãos.





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas