Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

13/02/2009
Para viver em paz!

Paz, cada vez ouvimos mais esta palavra e cada vez ansiamos mais por ela. A maioria de nós, no entanto, quando pensa em Paz leva os pensamentos para acontecimentos externos do cotidiano de cada um ou do mundo.

É comum ouvirmos as pessoas falando sobre Paz, pedindo Paz, geralmente para as guerras em países distantes, para as “guerras” aqui mesmo, para as violências de todo tipo com as quais somos bombardeados diariamente pelas TVs, jornais, revistas e rádios. E há também aqueles que quase gritam pela própria Paz: “Eu quero Paz!”. Mais um desabafo do que uma atitude que de fato possa trazer a tão almejada Paz, porque na verdade o que queremos é a Paz interior, aquela que vai apaziguar nosso coração, afastar nossos medos, dirimir nossas angústias.

Esperamos ansiosamente que se conseguida a Paz externa conquistaremos automaticamente a Paz interna. É como a felicidade. Muitos acham que só vão ser felizes depois de queimar várias etapas na vida: um ótimo emprego, a compra do carro, da casa, uma polpuda poupança, bom casamento... Depois de tudo alcançado, ou quase tudo, ainda assim, não se sabe porque, a felicidade continua lá ao invés de aqui. Então novas metas: quando a crise passar, quando os filhos casarem, quando se aposentar,... O tempo passa e a tal da felicidade, que anda de mãos dadas com a Paz, ainda não veio para ficar.

É simples. A Paz verdadeira, bem como a felicidade, não precisa de muito e não depende diretamente dos acontecimentos externos. Ao contrário, é uma conquista, sempre, de dentro para fora. Para viver em Paz é preciso estar em Paz consigo mesmo. É esta tranqüilidade, este estado de equilíbrio, conquistado através da Paz interior que nos permite estar bem e transitar serenos pelos momentos e situações mais difíceis que possam surgir.

Nada, absolutamente nada material ou externo, vai nos trazer uma paz duradoura. A Paz é um estado do SER, da alma. Não alcançamos com os pensamentos, por mais brilhantes que esses possam ser. A Paz vem no silêncio, no aquietar da mente, quando podemos ouvir nossa voz interior, quando então trazemos à tona o nosso ser mais profundo, aquele que é conectado com a sabedoria infinita do Universo, aquele que é seguro e que nada nem ninguém pode abalar, aquele que sabe que a vida é muito maior do que todas essas coisas aparentes que nos iludem e nos confundem.

Não podemos esperar que o mundo mude para que tenhamos Paz, precisamos, cada um, cultivar o seu jardim interno e assim espalhar a semente da Paz.

Eu cultivo o meu jardim com a prática da meditação que acalma o meu coração, mesmo nas situações mais improváveis. As sementes distribuo a cada momento em que me mantenho no aqui e agora, onde de fato a vida acontece.

Por Sandra Rosenfeld
Escritora e Conferencista, autora do livro O que é Meditação, ed. Nova Era, Instrutora de Meditação, Ministrante de Cursos e Workshops para promover Qualidade de Vida Pessoal e Profissional.
www.sandrarosenfeld.com.br
/ contato@sandrarosenfeld.com.br





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas