Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

22/07/2009
Como não inchar na gestação?

Para forjar uma nova vida, o corpo da mulher passa por uma revolução comandada pelos hormônios envolvidos na gestação. É como se todo o metabolismo feminino começasse a trabalhar em câmera lenta. Está aí a causa da maioria dos desconfortos enfrentados pela mulher durante boa parte da gestação. É assim com os inchaços: eles decorrem da lentidão com que o sangue circula pelo corpo, deixando acumular líquido nas mamas, barriga, braços e especialmente nas pernas e pés.

Os inchaços costumam aparecer já no primeiro trimestre da gestação e se acentuam no final, quando, sentindo-se mais pesada, a gestante tende a não se movimentar muito.

Existem algumas felizardas que atravessam os nove meses sem experimentar esse problema. Se você não faz parte desse time, fique calma. Seguindo algumas recomendações simples, é possível prevenir e aliviar os inchaços.

Comece pelo prato. Nada de comer alimentos muito salgados, pois o sal contribui para que o organismo retenha mais líquido.

Resista à tentação de ficar paradona por muito tempo na mesma posição. Movimentando-se de vez em quando, você estimula a circulação.

Dê atenção especial a pernas e pés. Nesse caso, uma medida bastante prática é, ao final do dia, deitar para descansar com as pernas para o alto, apoiadas sobre almofadas, por pelo menos 1 hora.

O uso de meia elástica é um recurso indispensável para prevenir os inchaços porque esse acessório favorece a circulação. Ela deve ser colocada logo pela manhã, antes de você iniciar seus afazeres.

Mais uma forma de aliviar o desconforto das pernas é massageá-las suavemente enquanto aplica cremes hidratantes, começando dos pés e indo em direção às coxas.

Converse com seu obstetra sobre a conveniência de você recorrer à drenagem linfática. Trata-se de um tipo de massagem que, por ser suave e lenta, pode ser aplicada em gestantes - desde que o profissional seja um fisioterapeuta e tenha experiência no atendimento de grávidas.

A drenagem linfática ativa a circulação sanguínea e, com isso, combate os famosos inchaços, além de atenuar a tendência de formação de celulite.

Com a ajuda de um óleo, o fisioterapeuta desliza as mãos em movimentos suaves pelo corpo da gestante. Com isso, direciona o excesso de líquidos para os gânglios da cadeia linfática. E daí ele é eliminado pela urina.

Na hora da massagem, acomode-se de lado. Deitada de costas, o peso da barriga comprime a veia cava, uma importante artéria que cruza a região, e pode interferir na oxigenação de seu organismo - e, por tabela, na do bebê também.


Matérias que você vai gostar de ler mais:

1) Grávidas podem se exercitar?

2) Planeje uma gravidez saudável

Veja mais sobre o assunto em nossa coluna de Saúde Feminina com Prof. Dr. Mauricio Simões Abrão





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas