Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

16/12/2009
Tensão Pré Mulheres, como lidar?

As pessoas estão buscando melhor qualidade de vida com informação e exercícios. Não que prevenção seja um assunto novo. Não! Na verdade nos EUA, esta palavra já é estudada há muitos anos e o Brasil só veio dar continuidade ao processo, fazendo a população se cuidar e se mexer, literalmente.


Praticar exercícios é ainda a melhor alternativa para manter corpo e mente sadios. Condicionamento físico não é apenas um estado do corpo, é um estado de espírito. Conheça os inúmeros benefícios de manter-se ativo:

Redução das chances de desenvolver doenças do coração, diabetes, derrame, câncer do colo do útero, osteoporose, hipertensão, ansiedade e depressão.

- Redução da pressão do sangue e do nível do colesterol maligno LDL.
- Aumento do nível de HDL, o tipo benigno de colesterol.
- Aumento da eficiência dos sistemas digestivo e excretor.
- Aumento dos músculos, da resistência dos ossos e da flexibilidade das juntas.
- Redução de ansiedade, depressão e outros sintomas de TPM.
- Menos cólicas menstruais.
- Ajuda no controle do peso.
- Sono melhor.

Dra. Nara Mattia, ginecologista e mastologista, possui um grande número de pacientes que sofrem com a Tensão Pré Menstrual - TPM, porém estas pacientes conseguem "contaminar" as pessoas que fazem parte do seu grupo de convívio, afetando familiares, amigos, colegas de trabalho e principalmente namorados, parceiros, maridos...

Segundo a Dra Nara Mattia foi um amigo que sugeriu a idéia para que ela escrevesse uma matéria sobre Tensão Pré Menstrual, mas não da forma como é abordada normalmente nos inúmeros artigos disponíveis atualmente. Mas que o tema fosse abordado de uma forma mais prática, principalmente para os homens que normalmente questionam quando conversam sobre o assunto: por que nós homens não sabemos disso? Seria tudo tão mais fácil...

"Ele sugeriu que eu ensinasse aos homens, inclusive ele, a domar esse monstro que ataca suas maravilhosas mulheres", explica Dra.Nara, que como ginecologista, o assunto TPM, ou mais propriamente dito: Síndrome Pré-Menstrual, sempre lhe despertou grande interesse. "Sempre me perguntava como era possível mensalmente, transformar-me em outra pessoa. E pior, só pensar que tivesse passado por uma crise momentânea de dor e loucura justificava tudo que tinha feito ou sentido. Como trabalho com muitas mulheres, sofrendo do mesmo mal, não é fácil saber lidar com toda essa mudança. Foram precisos muitos anos de estudos, conhecimento de vários tipos de tratamento para dominar o assunto e saber lidar com isso. Muitas vezes me pegava pensando, como os homens poderiam administrar essa fase da mulher e tornar a sua vida muito, muito, mais fácil???", explica Dra Nara.

O primeiro passo talvez seja o de Compreender a Síndrome:

Conjunto de sinais e sintomas que aparecem na segunda fase do ciclo menstrual, e cessam completamente até o final da menstruação. Ainda não se sabe o motivo exato ou a razão de casos mais graves. O que se sabe é que existe uma combinação de fatores como: genética, alimentação, fatores psicológicos e alterações hormonais. Os sintomas podem durar de 2 a 15 dias (dependendo de cada mulher), e em graus variáveis atinge 80% de todas as mulheres.

Observação: Quando perguntados, 52% dos homens acreditam que suas mulheres apresentam algum sintoma da síndrome.

Mas, normalmente esses sintomas se agrupam em 5 tipos específicos que indicam ao especialista qual hormônio pode estar envolvido no problema.

TPM do Tipo A (ANSIEDADE)- O sintoma principal é a ansiedade. Porém, podem aparecer a agressividade, irritabilidade, tensão nervosa e aquela sensação de estar "no limite".

TPM do Tipo H (HÍDRICO)- prepondera à retenção hídrica. Neste tipo, são comuns alterações físicas, como o inchaço, volume no abdômen, dores mamárias e ganho de peso.

TPM do Tipo C (CARBOIDRATO)-a cefaléia (dor de cabeça) destaca-se entre os demais sintomas. Pode também, apresentar a fadiga e o aumento de apetite (principalmente os doces).

TPM do Tipo D (DEPRESSÃO)- está associada à insônia, ao choro fácil,ao desânimo e ao esquecimento.

TPM do Tipo M (MISTA): apresenta vários dos sintomas anteriores e outros sinais como gastrointestinais, acne, ou dores nas costas.

E agora? O que fazer?

1) Alimentação adequada: para cada um dos tipos de Síndrome Pré-Menstrual, uma dieta específica; 3) Exercícios físicos; 4) Hidratação; 5) Repouso; 6) Reconhecer os sintomas, controle dos sentimentos;


Manual para sobreviver a Síndrome Pré-Menstrual
(só para homens)



A natureza é pródiga. Se mulher tivesse TPM todos os dias, o homem já tinha desaparecido da face da Terra. Existe até uma teoria de que as dinossauras tinham a TPM diária. Deu no que deu. Por isso, os homens, tenham cuidado quando pensar, sorrir, olhar, respirar ou disser qualquer coisa diante da sua namorada, mulher, etc.. Aqui vão alguns conselhos para evitar uma catástrofe.

1) Na época da TPM a mulher está fragilizada e necessita de mais carinho, amor, suporte e paciência. Nada de críticas, piadinhas e frases como "você já comeu muito chocolate hoje", ou "cuidado com o peso, vai acabar engordando". É tudo que a mulher não quer e não pode ouvir nesse período.

2) Ela mandou você comprar alguma coisa especifica em um lugar do outro lado da cidade. Não questione. Apenas vá. Também não ouse comprar sem seguir as especificações corretas. Na volta, não diga nada. Largue o pacote e vá para frente da TV. Já, já, ela aparece com uma cervejinha gelada.

3) Ela comeu TODA a caixa de chocolate que há 20 dias permanecia fechada em cima da geladeira. Se faça de louco. Não comente nada do que viu. Nem mesmo se os papéis das miniaturas dos chocolates mais gostosos do mundo estiverem boiando sobre o sofá da sala. Caro amigo, deixe o esporro para mais tarde. Ela pode matá-lo. Ou pior, arrancar seu garoto fora.

4) Ela insiste em discutir a relação. Corra. Corte a conversa imediatamente. Pode ter certeza, isso não vai dar certo. Se você não conseguir escapar da alça de mira da moça, use a tática dos melhores momentos do casal. Relembre aquele jantar maravilhoso... Discurse sobre as qualidades dela e o quanto você adora os sogros, o cachorro, aquele sapato de oncinha novinho em folha... Em 5 min, ela estará relaxadinha.

5) Ela exige a tua presença na festa da amiga que você que voc menos tem afinidade (e o pior ela acha o mesmo da mala). Diga sim sem gaguejar. Demonstre segurança e convicção. Esboce um sorriso, mas não tão largo, pois ela pode desconfiar da armação. Acrescente até que será uma festa ótima e que se divertirão como nunca.

6) Ela ainda não se adaptou ao rockn roll, mas você comprou aquele DVD procurado há mais de 15 anos, uma apresentação raríssima do Led Zeppelin na Islândia em 1972. Espere, espere e espere. Aguarde o fim do período de instabilidade da garota para revelar o achado. Se mostrá-lo durante a fase crítica, ela dirá que o Robert Plant "não está com nada cantando" e que não suporta "a guitarra irritante" do Jimmy Page. Você nunca mais conseguirá ouvi-lo novamente.

7) Ela acordou irritada e te liga como se quisesse arrancar pedaço. Meu amigo, muita calma nessa hora. Prefira dizer que está morrendo de saudade, que ela é linda, enfim, a mulher da tua vida. Se não colar, tente encerrar a ligação o mais rápido possível sem que ela perceba qualquer movimento mais afoito. Deixe que ela desconte a raiva acumulada nos colegas de trabalho.

8) No fim da tarde deste mesmo dia ela está extremamente feliz! Apesar do Fator TPM, vale até propor uma comemoração com vinho e uma tábua de queijo. Ela vai adorar.

9) Ela colocou aquele vestidinho rosa choque que só ELA adora. Não ria. Não arregale os olhos. Elogie a garota, mesmo que ela esteja hor-rí-vel. Passeie de mãos dadas no shopping se possível. Mostre-se forte e destemido. Ela nem vai perceber que sofre do Fator TPM.

10) Ela gastou uma nota em sapatos, vestidos, bijuterias e badulaques. Evite qualquer demonstração de irritação, mas não deixe de revelar descontentamento. Ela sabe que fez alguma coisa inadequada. E não terá a ousadia de dizer qualquer coisa. No fim do mês, mostre o extrato do cartão de crédito e sugira que fique para o mês que vem o tão sonhado aspirador de pó.

"O importante é lembrar que essa fase tem data para acabar e a paz voltará a reinar, é só tem paciência que tudo volta ao normal... Pelo menos nos próximos 20 dias..." Dra Nara Mattia.

Paciência e Boa Sorte!!!





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas