Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

27/08/2010
Gordinhos roncam mais?

O distúrbio do sono que mais incomoda é, sem dúvida, o ronco. Muitos indivíduos que sofrem com esse problema não sabem que uma das causas desse distúrbio é o ganho de peso ou o sobrepeso. “Porém, ao recomendar para as pessoas perderem peso para que não ronquem mais, é preciso levar em consideração um detalhe importante: a disposição para exercícios físicos em roncadores é reduzida, já que o ronco causa cansaço, sonolência e indisposição durante o dia”, diz Dr. Eduardo Rollo Duarte, dentista especialista em Odontologia do Sono, professor e Doutor pela Universidade de São Paulo.

Resumindo: para se perder peso só existe uma fórmula – o controle alimentar associado a exercícios físicos regulares. Mas os pacientes que roncam acordam cansados e indispostos para iniciarem um programa de exercícios, mesmo que seja uma simples caminhada. “Trata-se de um círculo vicioso.”, explica Dr. Eduardo. “O paciente ronca, tenta se tratar e se vê diante da necessidade de perder peso. Não tem disposição, e então acaba nem emagrecendo, nem tratando o ronco”.

A solução encontrada pelo especialista é partir para o tratamento do ronco e estimular o paciente a perder peso após a solução do problema. “Uma vez solucionado o ronco, o indivíduo passa a dormir bem, com sono reparador, e portanto, estará disposto a iniciar atividades físicas regulares”, diz Dr. Eduardo.

Mesmo quem não está acima do peso, mas leva uma vida sedentária, o ronco pode atrapalhar as atividades físicas. “Todo mundo precisa incorporar o exercício em sua rotina, e tratar os distúrbios do sono é um excelente começo”, finaliza o dentista.

Sobre a Odontologia do Sono

Próteses ou aparelhos nos dentes feitos especificamente para o paciente com distúrbios do sono, são métodos altamente eficazes para eliminar o problema. “Primeiramente, peço um estudo detalhado que pode ser feito em Clínicas de Exame do Sono, cujo responsável é um médico do sono. Com esse diagnóstico, temos condições de saber os níveis de ronco e se existem outros distúrbios do sono presentes, como a própria apneia ou o bruxismo.”, explica Dr. Rollo Duarte.

O aparelho oral é confeccionado de acordo com o tipo de arcada dental de cada indivíduo. Existem vários tipos de aparelhos, escolhidos após uma avaliação das condições orais e faciais que incluem um exame odontológico completo da boca, dos dentes e gengivas, dos músculos da face e da mastigação e articulação da mandíbula - a ATM.

“Com o aparelho, o ar vai passar por uma garganta ou via aérea mais aberta, livre da resistência provocada pelo relaxamento dos músculos aumentados nos indivíduos com ronco e apneia do sono”, finaliza o especialista.

Veja mais sobre o assunto em nossa coluna de Saúde Bucal com Dr. Luiz Felipe Scabar





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas