Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

05/11/2010
Anemia

Anemia é definida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como a condição na qual o nível de hemoglobina (molécula que transporta oxigênio) no sangue está abaixo do normal, como resultado da carência de um ou mais nutrientes essenciais. As anemias podem ser causadas por deficiência de vários nutrientes, como ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas. Porém, a anemia causada por deficiência de ferro, denominada anemia ferropriva, é muito mais comum que as demais (estima-se que 90% das anemias sejam causadas por carência de ferro).

Para entender melhor: o ferro é um nutriente essencial para a vida e atua principalmente na síntese (fabricação) das células vermelhas do sangue e no transporte do oxigênio para todas as células do corpo. Os principais sinais e sintomas da ingestão insuficiente de ferro são fadiga generalizada, anorexia (falta de apetite), palidez de pele e mucosas (parte interna do olho, gengivas, etc.) e menor disposição para o trabalho. Em crianças, pode ocorrer dificuldade de aprendizagem e apatia (crianças muito "paradas"). Procure um médico ao sentir um desses sintomas.

A anemia ferropriva (deficiência de ferro) diminui as respostas imunológicas. Ocorre uma maior propensão às infecções. Alguns estudos revelam atrasos no crescimento e aprendizado e, nos adultos, diminuição da produtividade.

Os grupos considerados de maior risco são bebês com menos de dois anos de idade, garotas adolescentes, mulheres grávidas, atletas e idosos.

As principais causas da anemia por deficiência de ferro são alimentação inadequada com consumo inadequado de ferro e perdas de ferro devido alguma doença.

Principais fontes alimentares de ferro:

O ferro pode ser fornecido ao organismo por alimentos de origem animal e vegetal. O ferro de origem animal é melhor aproveitado pelo organismo. As melhores fontes de ferro são as carnes vermelhas, principalmente fígado de qualquer animal e outras vísceras (miúdos), como rim e coração. O mineral também existe em carnes de aves, de peixes e em mariscos. O leite só é fonte de ferro quando na embalagem constar que é enriquecido com ferro.

Hoje, existem muitos produtos industrializados no mercado enriquecidos com ferro que podem ser uma boa opção. De qualquer forma, tome o seguinte cuidado para conseguir melhor absorver esse mineral: consuma sempre junto à vitamina C, presente na laranja, limão, acerola entre outros. Evite consumir na mesma refeição alimentos ricos em cálcio, como leite e queijo, que atrapalham a absorção do ferro.

Não tome suplementos sem consultar um médico ou nutricionista. O excesso do consumo de ferro também é prejudicial podendo causar paladar metálico, cefaléia (dor de cabeça), convulsões, náuseas, vômito, febre, suor, hipotensão (queda de pressão), susceptibilidade a infecções e cirrose.





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas