Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

31/12/2010
Prisão de ventre atrapalha o emagrecimento

Prisão de ventre também é doença e pode atrapalhar seu emagrecimento, pois precisamos eliminar toxinas, excesso de alimentos ingeridos e fazer o intestino funcionar.

Foi feita uma pesquisa de hábitos e atitudes com uma amostra representativa de usuários de laxantes.

As pesquisas tiveram como objetivos avaliar o grau de incidência da constipação intestinal na população brasileira e os hábitos e atitudes do consumidor de laxante em relação ao tratamento.
As principais constatações foram as seguintes:

27% dos brasileiros sofrem de constipação intestinal.

Cerca de 60% dos usuários de laxantes sofrem de constipação intestinal há pelo menos cinco anos.

Para 61% dos usuários de laxantes, o normal é evacuar diariamente. E 33% acham que o normal é ter diversas evacuações durante o dia.

As principais razões da constipação intestinal são: mudanças súbitas nos hábitos alimentares, dieta inadequada e baixo consumo de fibras.

As principais fontes de informação sobre prisão de ventre são os médicos (44%), seguidos dos farmacêuticos (28%), dos parentes (17%) e de amigos (9%).

Aproximadamente 46% das pessoas com constipação intestinal não fazem nenhum tipo de tratamento medicamentoso. 35% dos entrevistados usam medicamentos que não necessitam de prescrição médica.

O comportamento típico dos usuários de laxantes é recorrer ao farmacêutico (29%) ou ao médico (18%).

O usuário de laxante brasileiro usa em média duas formas de tratamento. A mais usada são os medicamentos e a menos adotada é a prática de exercícios/esportes.

Para 32% dos entrevistados, a principal razão do uso de laxantes é para regularizar as evacuações. O tratamento da prisão de ventre é o segundo motivo (24%) e a prevenção, o terceiro (15%).

A correria da vida moderna

A constipação intestinal é apontada como um dos grandes males da vida moderna. Definida pela redução ou interrupção do número de evacuações por mais de 3 dias, a prisão de ventre é freqüentemente acompanhada de cólicas e outros prejuízos para o organismo, como a retenção de toxinas por mais tempo do que o correto.Entre as muitas razões da constipação intestinal estão as mudanças súbitas dos hábitos alimentares, dietas sem acompanhamento médico, alimentação pobre em fibras, baixo consumo de água e vida sedentária.

O tratamento

Para tratar a prisão de ventre as principais classes de medicamentos laxativos à disposição no mercado brasileiros são: laxantes de contato e laxantes à base de fibras naturais.Os primeiros, usados para resolver a prisão de ventre de forma rápida, estimulam o movimento da mucosa intestinal ao entrar em contato com ela, provocando a evacuação. Já os laxantes à base de fibras naturais (ex: Metamucil) demoram em torno de três a quatro dias para provocar a evacuação.

Veja mais sobre o assunto em nossas colunas de Nutrição e Saúde com Dra. Rosana Farah e Por Dentro do Seu Alimento com Dra. Nicole Valente





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas