Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

18/03/2011
Diabéticos podem evitar lesões com hábitos simples

Uma das maiores preocupações dos pacientes com diabetes são as lesões nos pés, os famosos pés-diabéticos, que causam dor, imobilidade, constrangimento e amputações em larga escala. Estima-se que 7,6% da população brasileira tenha diabetes, índice que sobe para 20% quando se trata da população acima dos 70 anos. Além disso, a diabetes é a quarta maior c ausa de morte no Brasil e os pacientes diabéticos têm 40 vezes maior chance de sofrer amputações nos membros inferiores.

A informação e a mudança de atitude são armas indispensáveis na luta para diminuir o número de amputações e oferecer maior qualidade de vida aos diabéticos.

A enfermeira Aline Souza destaca algumas simples ações para evitar o aparecimento das lesões. “O controle da glicemia é um fator importante para a cicatrização em feridas e pode até controlar a infecção local e agilizar a reparação tecidual”, afirma a enfermeira. Além disso, alimentação balanceada, com ingestão de alimentos ricos em proteínas, e atividades físicas também colaboram para o melhor funcionamento do organismo evitando as feridas. “A caminhada, por exemplo, é um ótimo exercício para o paciente com insuficiência circulatória”, afirma Aline.

Veja mais algumas dicas de prevenção do pé-diabético:

- Use sapatos adequados para evitar fricção e bolhas.

- Verifique os pés diariamente procurando arranhões e cortes que podem se infectar. A dormência evita que o paciente sinta uma ferida ou bolha.

- Não ande descalço na praia, piscina ou mesmo em casa para evitar machucados.

- Não coloque os pés em água quente.

- A prevenção de fungos é muito importante, pois eles permitem a penetração de bactérias graves. Por isso, verifique sempre o espaço entre os dedos e a cor da unhas para identificar possíveis problemas de pele.

- Troque as meias se ficarem molhadas de suor. Faça boa higiene dos pés, secando bem após o banho.

- Evite o resseca mento severo da pele, principalmente no inverno. Aplique creme hidratante.

- Corte as unhas em formato reto e não introduza instrumentos cortantes das bordas.

Veja mais sobre o assunto em nossa coluna de Endocrinolo gia e Saúde com Dr. Filippo Pedrinola





Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas