Saúde
Colunistas
Artigos dos colunistas      Teste do Cochilo      Teste Saúde Digestiva      Entrevistas      Descubra seu tipo de Relacionamento

15/07/2011
Saúde: Inverno pode favorecer o mau hálito

Além aumentar a incidência de gripes e doenças respiratórias, o clima frio que atinge boa parte do país pela chegada do inverno também pode favorecer o desenvolvimento de outro problema delicado para saúde: o surgimento do mau hálito.

O alerta vem de um dos maiores especialistas do Brasil em halitose – nome científico do mau hálito –, o cirurgião-dentista Arany Tunes, um dos mais atuantes estudiosos do tema no Brasil, que há mais de 10 anos se dedica somente ao tratamento do mau hálito – já tratou mais de 1.000 casos do tipo, com 99% de sucesso.

Ele explica que isso ocorrer pela mudança de hábitos provocada pelo clima, que acaba mudando também a alimentação nessa época do ano.

“Isso porque, com o frio, a pessoa tende a procurar alimentos mais calóricos e ricos em gordura – uma reação instintiva do nosso organismo, frente ao gasto maior de energia no inverno, com o objetivo de nos manter mais aquecidos”, explica o doutor Aray Tunes, que atende diariamente pacientes com mau hálito.

“O metabolismo de gorduras em nosso corpo pode fazer com que alguns ‘subprodutos’ sejam eliminados pela via pulmonar de excreção, alterando o nosso hálito e provocando o mau cheiro”, complementa o especialista, que é membro efetivo da Associação Brasileira de Halitose (ABHA) e da International Society for Breath Odor Research (ISBOR), entidades, no Brasil e no exterior, dedicadas a pesquisar exclusivamente o mau hálito.



Outro problema é o menor consumo de água, típico nos períodos frios, o que pode acarretar na diminuição de saliva, pois essa substância, explica o doutor Arany, é composta em 98% de água.

“Salivando menos, nossa boca fica desidratada e aumenta o processo natural de descamação de células que vão grudar no fundo da língua, apodrecendo e deixando nosso hálito muito ruim”, detalha o estudioso.

E mais: para o doutor Arany Tunes, o clima frio desfavorece os hábitos de higienização bucal: “a água gelada da torneira não é o melhor estímulo para a boa escovação dos dentes e para a higiene da língua”, lembra o especialista.

“Com a higiene prejudicada, ficamos mais susceptíveis a doenças bucais que podem provocar mau hálito, como a gengivite. Isso sem falar que o inverno é a estação ‘preferida’ de algumas doenças que se espalham mais facilmente em ambientes fechados, como a gripe, que também pode nos deixar com mau hálito”, explica o doutor.

Para evitar esse problema, Arany Tunes dá algumas dicas:

- evitar o consumo excessivo de alimentos calóricos e ricos em gorduras;

- beber de 1 a 2 litros de água por dia, algo importantíssimo, pois, como já dissemos, 98% da saliva é água;

- E em casos de gripes e resfriados, evitar a automedicação. A melhor coisa é procurar um médico.

“Nesse clima frio não podemos descuidar da nossa saúde em todos os sentidos. Afinal, o aconchego do inverno não combina com mau hálito”, finaliza o doutor Arany Tunes.

Veja mais sobre o assunto em nossa coluna de Saúde Bucal com Dr. Luiz Felipe Scabar






Mais Matérias

Veja mais

26/09/2016 - Convulsão: doença ou sintoma?


16/05/2016 - 10 motivos para cuidar de seus pés


16/05/2016 - Falta de Vitamina D afeta a fertilidade!


29/03/2016 - Perda de audição pode começar logo na infância!


29/03/2016 - Quando o cansaço pode acusar que a saúde não vai bem?




Clique aqui e veja todas as matérias

Encontre os melhores preços de medicamentos e leia bulas