Colunistas

Profa. Priscilla de F. de Arruda Camargo
Qualidade de Vida
Artigos | Currículo   

Força X Resistência Aeróbia - o que fazer primeiro???? - O ideal é priorizar os objetivos

Nas academias, é comum treinar musculação e logo após ou mesmo antes, fazer o treino aeróbio, que pode ser uma bicicleta ou esteira, mas muitas vezes aparecem perguntas sobre essa situação de treino simultâneo, como por exemplo, o que treinar ou se o treino de endurance (resistência aeróbia) irá atrapalhar o aumento de força e/ou hipertrofia muscular?

A maior parte dos estudos relacionados ao treinamento simultâneo da força e endurance demonstraram uma diminuição da força e potência muscular, quando comparados com indivíduos que realizaram apenas treinamento de força. O que parece não ocorrer é a diminuição da capacidade aeróbia (VO2máx) onde indivíduos treinados com força e endurance simultaneamente mostraram aumentos significativos do consumo máximo de oxigênio. Esses valores foram próximos aos obtidos pelos indivíduos que treinaram apenas endurance, o que demonstra que apenas a força e a potência muscular podem ser afetadas negativamente com o treino simultâneo. Portanto, o desenvolvimento da capacidade aeróbia é independente da performance do treinamento de força.

Um estudo realizado por Kraemer e col. mostrou ainda a influência do treino de força para a parte superior do corpo não é afetada negativamente pelo treinamento de endurance para a parte inferior do corpo.

Estudo realizado por Bell e col. demonstrou pouca diferença entre indivíduos que trabalham força isoladamente (6RM de agachamento e supino) versus endurance (50 min a 70% da FC de reserva) e força (6RMde agachamento e supino) simultaneamente. Estudos sobre esse assunto muitas vezes parecem divergentes, mas devemos levar em conta que as metodologias usadas nesses experimentos nem sempre são semelhantes o que pode contribuir significativamente para esses diferentes resultados.

Para otimizar o resultado em termos de melhora de força e hipertrofia muscular, devemos distanciar os treinos de força para membros inferiores dos treinos de resistência aeróbia (bicicleta, corrida) de longa duração e de intensidade relativamente alta, de preferência fazer os dois treinos em sessões separadas, por exemplo: musculação de manhã e aeróbio a tarde. Caso não seja possível realizar essa divisão, faça o treino resistido antes e o treino aeróbico depois, porém com uma intensidade moderada leve no exercício de resistência aeróbia para que não haja comprometimento do seu treinamento de força e hipertrofia.

As respostas ao treinamento simultâneo podem afetar negativamente o aumento de força muscular em 2 ou 3 meses de treinamento. Ainda são meras especulações em relação às adaptações fisiológicas, porém parecem estar relacionadas às alterações nos padrões de recrutamento neural, diminuição na hipertrofia muscular, excesso de treinamento ou aumento do hormônio cortisol (hormônio catabólico).

Portanto, ao montar uma rotina de treinamento, deve-se priorizar os objetivos, permitir uma boa recuperação e adequar o volume e a intensidade do treinamento aeróbio, pois as altas cargas deste treinamento parecem afetar negativamente o desenvolvimento da força muscular.

RM = Repetições Máximas

Fonte: Revista Muscle in Form








Veja todos os artigos
Responsabilidade Humana, um novo conceito em qualidade de vida!
Que músculo é este?
As funções dos hormônios
Por quê terceirizar a Avaliação e Orientação Física?
10 hábitos para uma vida saudável!
Treinamento para caminhada e futura corrida
No ritmo "incerto"
Avaliação da Composição Corporal
Limite: você o conhece e o respeita?
Avaliação postural
O teste ergométrico
Prescrição de exercícios
Ergoespirometria
Hipertensão
Protocolos de Composição Corporal
Creatina
Creatina – parte II
Força X Resistência Aeróbia - o que fazer primeiro???? - O ideal é priorizar os objetivos
Retorno à atividade física pós-tratamento cardiológico
Prescrição de exercícios pós-tratamento cardiológico
Treinamento para caminhada e futura corrida
Aula de Bike: Não é para todos
Por quê é tão difícil emagrecer e manter-se magro(a)?
É necessário suplementar?
Importância de medir a Freq. Cardíaca
Recuperar é preciso !
Exercício e fumaça
Fazer ou não musculação?
Seu corpo não pode estar CONTRA sua saúde
Cuidar da possível obesidade deve começar cedo
Hormônios e o Exercício
Prevenção ainda é o melhor remédio

O que mais te incomoda nos planos de saúde?

os preços
a burocracia para agendar exames
a burocracia para internações
a consulta, muito rápida, com os médicos
dificuldades para cancelar o plano
não tenho plano de saúde



:: Resultado Parcial