Novidades
Amigo do peito: como escolher o sutiã certo

Símbolo de feminilidade, mas que já foi queimado em praça pública, o sutiã é uma peça amada e odiada ao mesmo tempo. Amada quando dá aquele toque especial no visual e um "up" na auto-estima. Odiada quando acaba com o conforto pelo tamanho ou modelo mal escolhido.

Recentemente uma pesquisa norte-americana, apresentada no programa da Oprah Winfrey, revelou que 85% das mulheres nos Estados Unidos usam o modelo e/ou tamanho errado de sutiã. No Brasil, a fabricante Liz constatou, entre 3.500 mulheres, que 80% também não sabem escolher adequadamente essa importante peça do guarda-roupa feminino.

O que isso quer dizer? Que há uma quantidade enorme de mulheres desconfortáveis ou com a aparência estranha. Afinal, usar o tamanho ou o modelo de sutiã errado pode estragar toda uma produção, além de causar desconforto e possíveis problemas na postura, prejudicando a coluna, os ombros e as costas.

"Cada mulher tem um biotipo. São diferentes larguras de costas, combinadas com diversos tamanhos e tipos de seios. A lingerie precisa respeitar isso e se adequar a cada tipo de corpo", afirma Eugênia Del Vigna, proprietária da loja de lingerie Tayê, em Belo Horizonte.

A empresária realizou cursos no exterior e conversou com especialistas na área, como a norte-americana Rebecca Apsan, autora do livro "The Lingerie Handbook", um guia sobre como escolher a lingerie corretamente. "Aprendi que, mais do que uma questão de estética, saber escolher o sutiã correto é essencial para a saúde e para o conforto", conta Eugênia.

Em sua loja, as vendedoras são treinadas para indicar o modelo ideal para cada tipo físico, além de prestarem bastante atenção no estilo pessoal e objetivo de cada cliente. "Essa consultoria é importante, pois não basta escolher o tamanho certo. Tem que ser uma peça com a cara da mulher, que combine com o estilo dela" diz.

Assim como uma calça jeans, o tamanho do sutiã pode variar de acordo com a marca e modelo. As indústrias que fabricam lingerie seguem padrões de modelagem diferentes, de acordo com estudos próprios. Elas nem sempre seguem uma regra comum para determinar o tamanho.

Além disso, o corpo da mulher muda, tanto em alterações grandes, como na época de sua adolescência, ou após uma gravidez, quanto em pequenos acontecimentos, como durante a TPM ou uma mudança de peso.

Para escolher o sutiã certo, siga os passos abaixo:

- Em primeiro lugar, lembre-se que o corpo da mulher muda. Por isso, o modelo de sutiã que deixava seu decote maravilhoso quando você estava na faculdade, provavelmente, não seja a opção agora que você já entrou na vida adulta de uma vez!

Por isso, regra número 1 para escolher o sutiã certo: esqueça a gaveta de sutiãs velhos, procure uma loja especializada e experimente os novos modelos que existem no mercado. Todos os anos, as fábricas desenvolvem novas pesquisas de modelagem e novos tecidos e, com o avanço tecnológico, sempre pode surgir algum modelo antes inexistente que agora é perfeito para você!
- Após abrir a cabeça para experimentar algo diferente do que você sempre usou, pare em frente ao espelho e observe. Como estão seus seios? Como você gostaria que eles ficassem? Você quer aumentar? Juntar? Levantar? Diminuir? Modelar? Tampar? Qual é o seu objetivo para ficar mais satisfeita e feliz com o seu visual? Quando você define o que você espera do seu sutiã, fica muito mais fácil encontrar o modelo certo!

- Ok, você já esqueceu o sutiã velho e já descobriu o que espera do novo. E agora, como achar o modelo ideal? Aqui, um bom conselho de quem entende do assunto sempre pode ser útil. Procure lojas de lingerie que ofereçam esse tipo de consultoria. Uma vendedora bem treinada pode ser sua melhor aliada na hora de escolher o sutiã certo!

Veja as dicas de como descobrir qual é o tamanho e o modelo mais adequado de sutiã para você:

DICAS PARA DESCOBRIR O TAMANHO ADEQUADO DE SUTIÃ:

1) Verifique o tamanho do tórax:
O sutiã deve dar um bom apoio no tórax. É essa parte da peça que sustenta os seios, que dá força para não prejudicar a coluna, os ombros, etc.

Duas dicas para conferir se o sutiã tem o tamanho certo para seu tórax:
- Se o sutiã estiver largo ou frouxo nessa região, fique atenta! Assim, a peça sobe, deixando aparecer à parte inferior dos seios; ou então a parte atrás, nas costas, vai ficar lá em cima. O certo é a faixa do sutiã no toráx ficar reta, tanto na frente do corpo, abaixo dos seios, quanto nas costas.

- Se o sutiã estiver muito apertado, a pele fica amassada. Isso prejudica a circulação, além de incomodar muito, se você usar o sutiã por longo período de tempo. Um sutiã apertado ressalta as gordurinhas indesejadas, deixando qualquer visual bem menos elegante.

Por isso, faça o teste: coloque o dedo indicador entre a faixa do sutiã no tórax e sua pele. Se seu dedo ficar muito apertado, ou se ficar folgado, o tamanho está errado! O certo é você sentir uma leve pressão no dedo, porém sem apertar demais.

2) Confira o Tamanho do Bojo:
O bojo também precisa estar confortável. O tamanho vai variar de acordo com o modelo: se o sutiã for mais decotado, deve acabar logo após o mamilo. Se for um sutiã de maior cobertura, deve seguir a linha dos seios. Aqui, a recomendação é ajeitar os seios dentro do sutiã, com a mão em forma de concha. Aí, é só olhar na frente do espelho e conferir se está tudo no lugar.
Se o sutiã ficar apertado no bojo, os seios ficam amassados e nada elegantes.

3) Cheque as Alças:
Ao contrário do que a maioria das mulheres acredita, as alças do sutiã NÃO devem sustentar os seios. O que sustenta é a faixa do tórax. As alças servem meramente para deixar o sutiã no lugar. Portanto, se você aperta demais as alças para ajustar o sutiã, está usando o tamanho errado.
Muitas vezes, o sutiã está largo no tórax, e a mulher acaba ajustando a alça para tentar solucionar o problema. Acaba criando dois: o sutiã não sustenta, as alças apertam e prejudicam a circulação e a postura!

Portanto, lembre-se: as alças servem simplesmente para colocar o sutiã no devido lugar! Nada de apertar ou soltar demais para compensar outro problema do sutiã!

4) Dica para quem tem silicone (e também para quem tem costas pequenas, mas seios fartos):
Quem tem silicone ganha auto-estima e felicidade, porém acaba encontrando grande dificuldade de encontrar o tamanho adequado de sutiã. Isso porque o tamanho do bojo aumenta, mas o do tórax continua o mesmo. Ou seja, se antes do silicone você usava um sutiã número 40, seu tórax depois da cirurgia vai continuar sendo 40. Só que o bojo pode alterar para 42, 44. Como resolver essa equação, enquanto os fabricantes de lingerie não desenvolvem tamanhos alternativos de sutiã? Experimentando, experimentando, experimentando, até achar o bojo certo que ainda respeite o tamanho do seu tórax!

5) Dica para quem tem costas largas, mas seios pequenos:
Se você se encaixa nesse perfil, sorria! Este caso é um pouco mais simples de ser resolvido do que o anterior. É só escolher o tamanho certo de bojo e usar um extensor para aumentar o tamanho da faixa do tórax do sutiã. Você vai sentir muito mais conforto!
DICAS PARA ENCONTRAR O MODELO ADEQUADO DE SUTIÃ:

* SEIOS PEQUENOS:
Se você tem seios pequenos, agradeça! Nada mais versátil do que isso. Você pode até pensar que um decote não ficará tão sensual como se você vestisse pelo menos um número a mais. Mas a grande vantagem é que, com os novos modelos de sutiã, é muito fácil "aumentar" de tamanho em um instante. Isso sem ficar vulgar, nem exagerado ou desconfortável. Quem tem o busto pequeno, consegue vestir vários modelos de roupas que alguém com os seios grandes não pode. Blusinhas fininhas, alcinhas, tomara-que-caia. Fica tudo lindo!

O segredo aqui é usar e abusar dos sutiãs não apenas com bojo, mas com enchimento. Existem duas alternativas bem interessantes disponíveis no mercado: uma é o sutiã com espuma grossa no bojo inteiro, que realmente dá volume para quem quer aumentar. Se você não tem quase nada na comissão de frente mesmo, essa é a melhor solução.

O outro modelo é mais adequado para quem tem um pouquinho, mas quer dar um "up" no visual sem aumentar demais. Essa alternativa possui a espuminha somente embaixo, na parte inferior do sutiã. Assim, a peça ocupa o espaço abaixo do seio, obrigando-o a levantar. Na verdade, este modelo não aumenta propriamente o tamanho, mas dá uma levantada, deixando o contorno superior dos seios mais definido e saliente.

Observação: Muitas mulheres acreditam que a espuma embaixo aumenta. Por isso, quem usa um número maior até rejeita o enchimento, por achar que vai ficar com os seios ainda maiores. Isso é um mito. Na verdade, se a espuma for somente na parte inferior, faz o efeito de levantar, e não de aumentar. O colo fica mais definido e alto, mas o volume não aumenta. O efeito é o "up".

* SEIOS SEPARADOS:
Aqui, o objetivo é juntar os seios, sem que pareça artificial. Para isso, o bojo com enchimento diagonal (o chamado "enchimento bananinha" é o mais indicado. Nesse caso, a espuminha fica no lado e na parte inferior do sutiã. Assim, ela força os seios a irem para o meio, ao mesmo tempo em que dão aquela levantada. O resultado? Seios juntos e contra a lei da gravidade!

* SEIOS GRANDES:
Quem tem os seios maiores precisa de segurança e firmeza, para não causar problemas de postura ou na coluna. Por isso, os modelos com laterais e costas largas são as mais indicadas dar sustentação e segurança. Reforços sob os bojos também ajudam, como os tecidos duplos. Alças mais grossas são importantes, mas nem por isso precisam ser grosseiras. Hoje, existem vários modelos para seios grandes com alças delicadas, com detalhes como rendas, estampas, texturas. Tudo para deixar seu sutiã não apenas confortável, mas lindo também!
Para não vulgarizar, decotes discretos são ideais. O modelo de bojo amplo é interessante, pois modela e coloca os seios no devido lugar, deixando um colo bonito e sensual, porém discreto. Para quem quer diminuir a aparência do volume, existem modelos redutores com tecidos tecnológicos, que fazem uma compressão.

* SEIOS FLÁCIDOS:
A flacidez atinge tanto os seios pequenos como os grandes. Mas, para alívio da mulherada, as indústrias desenvolveram modelagens que colocam tudo no devido lugar, sem bisturi! Aqui, é o tecido reforçado (linha controle) ou o bojo modelador (seja com espuma ou com aro) que colaboram com a auto-estima feminina.

Com essas dicas, você já pode ter uma idéia melhor de que tipo de modelo de sutiã é mais adequado para atingir seu objetivo.

E mais uma dica: use diariamente um hidratante na região dos seios, para cuidar não apenas da aparência do colo, mas também da textura da pele!


Serviço:
Tayê Lingerie
Rua Lavras, 188 - Sobreloja - Savassi || Belo Horizonte, MG || (31) 3047-8817
www.taye.com.br || taye@taye.com.br || http://blog.taye.com.br

Veja mais sobre o assunto em nossa coluna de Cirurgia Plástica com Dr. Alan Landecker




Veja mais

Nova Linha de Caldos com 25% Menos de Sódio em Sua Fórmula!

Novo chocolate saudável chega ao mercado

Empresa lança produto que tem efeito BOOSTER, intensificador de colágeno.

Bebida Láctea une Linhaça, Amaranto e Chia

O que todos precisam saber antes de se casar?



Clique aqui e veja todas as matérias

Como você costuma se preparar para o verão?

Fazendo dieta
Com tratamentos estéticos
Começando ou intensificando os exercícios
Não mudo nada minha rotina



:: Resultado Parcial